Posts Tagged ‘suco de tangerina’

Queridos leitores! Desculpas pelo sumiço, mas 2009 tá ai e vamo que vamo! Uma de nossas resoluções para este ano – é minha e do Jorge, mas o Jorge ainda não sabe – é atualizar este blog com mais frequência, mas lembrem-se que contribuições de leitores também são super bem vindas!

Enfim, indo ao que interessa, o primeiro post de 2009 é sobre um restaurante descoberto no fim do ano passado, mas que continua sendo um achado. É o Quitanda Gourmet, que ocupa o antigo Sacolão da Vila Madalena. Além de o sacolão ter dado lugar a uma quitanda de gente rica – todas as frutas são super arrumadinhas e, claro, mais caras que em outros lugares -, foi construído no segundo andar um restaurante muito fofo e com ótimo custo/benefício.

Só fui em fins de semana, por isso não sei se durante a semana é o mesmo esquema, mas de sábado e domingo o cardápio permite que você escolha entre pratos a la carte ou pratos japoneses, inclusive rodízio. Um teppan (é assim que escreve?!) de salmão e legumes custa R$ 28 e dá pra dividir. Entre os pratos, as massas custam em torno de R$ 18, e, apesar de serem porções individuais (não rola de dividir), são opções um pouco mais elaboradas, como talharim ao molho de funghi. Tem também opções de saladas e sanduíches.

No domingo tem café-da-manhã até as 13h30, cheio de frutas fresquinhas, docinhos e pães gostosos. Isso é outra vantagem: como logo no andar de baixo tem uma quitanda, os sucos e as frutas são muito frescas. O suco de tangerina custa R$ 4 e a água de coco, R$ 3.  Ah! E tem pastel também, grandes e com muuuuuuuuuuito recheio, vale super a pena. Não lembro exatamente quanto custa, mas deve ser uns R$ 4. 

O atendimento é bastante simpático, mas o melhor é fugir dos horários de pico porque a equipe é pequena e eles não dão conta… O público é sempre bem alternativo, misturando professores de yoga a turmas de amigos descolados.

UPDATE!: Ao contrário do que tinha escrito antes, as outras duas unidades do Quitanda – Pinheiros e Lapa – têm comidinha também. Inclusive a Bia já tinha escrito sobre o de Pinheiros! Sorry, Bia, comi bola! De qualquer forma, acho que as duas unidades têm serviços diferentes, então vale conhecer todos…

Serviço
Quitanda Gourmet – unidade Vila Madalena
R. Medeiros de Albuquerque, 352, Vila Madalena, São Paulo – SP
Tel. 11-3042 4662

Mari Tavares

Anúncios

Eu sei, estou super ausente. A minha ficou de ponta-cabeça em um mês – o que não interessa a vocês nem vem ao caso! Enfim, estou voltando aos poucos – mas vão rolar poucos posts de minha autoria, uma vez que estou um pouco falido nesses meses.

Mas volto com fuerza total aqui para falar do melhor chinês custo x benefício de Pinheiros. O China Massas Caseiras tem o melhor pastelzinho chinês do mundo! Mentira, do mundo não, mas de São Paulo com certeza é dos melhores, vive virando matéria nos guias da vida.

Eu sempre peço meia porção de queijo e meia porção de carne (bovina). Ele é frito, então os que tem medo de gordura devem passar longe. Muito gostoso, se pedir duas porções para três pessoas já dá uma refeição facinho. Como eu sou um pequeno ogro, quando vou com meus pais peço só uma e ainda completo com uma porção de arroz chop suey e uma porção de frango xadrez.

Geralmente sobra um monte de comida e a gente manda embrulhar. Incluindo suco (tem suco de tangerina!) e tudo o mais, dá uns R$ 30 para cada um. Mas isso se você comer até cair: pedindo meia porção de cada coisa e tal, deve dar no máximo R$ 25!

Serviço
China Massas Caseiras
R. Mourato Coelho, 140, Pinheiros, São Paulo – SP.
Tel: 11-3085 7111

Jorge Wakabara

CÍNTHIA FOI E DIZ QUE CHEGOU!!! ELE CHEGOU!!! O MEU, O SEU, O NOSSO… SUCO DE TANGERINA DA LANCHONETE DA CIDADE!!!

Ela também sugere uma coisa doce, confira:

Você consegue comer legal com R$ 20. E repara no cardápio uma bebida que chama Doce de leite. Olha, speak serious*, é inacreditável de bom. O atendimento é muito eficiente, a espera é de poucos minutos e os momentos de prazer são infindáveis!! E é melhor do que os enlatados norte americanos, isso é!

Pelo visto, a Lanchonete da Cidade conquistou mais uma fã.

Serviço
Lanchonete da Cidade
Al. Tietê, 110, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3086 3399

www.lanchonetedacidade.com.br

* esse é o jeito todo peculiar da Cinthola falar em inglês.

Como todo bom pobre habitante da PAULICÉIA, aposto que sua LOMBRIGA também é viciada em SUCO DE TANGERINA.

De uns anos pra cá, o suco se tornou febre nas principais lanchonetes e PADARIAS 2.0 (adorei esse termo que li em algum lugar) da capital.

Na verdade, a própria tangerina é um versão 2.0 da laranja: docinha, menos ácida e com uma COR linda.

Como todos sabemos, a TANGE é sazonal – afinal ela é uma fruta e nao uma truta (ai que piada horrorosa). Eu sempre sofro quando sou obrigada a escolher outra bebida.

Entretanto, trago a boa nova para vocês: há um lugar onde – independente da época do ano – é possivel saborear um delicioso suco de tangerina.

Estou falando do Empório Moema, localizado no lado PÁSSAROS do bairro.

A padaria é gigantesca, oferece uma infinidade de comidinhas, desde pães e doces a massas artesanais e risotos, feitos lá mesmo.

Sugiro, como um bom acompanhamento para o suquinho, uma porção de pães de queijo recheado com alguma coisa que me lembra catupiry mas é mais gostoso. A massa é diferente, dissolve na boca: a escapadinha perfeita da dieta.

Serviço
Empório Moema
Av. Macuco, 218, Moema, São Paulo – SP.
Tel. 11-2101 4000

Ana Laura Mello

O paraíso do PobreTambémCome não é barato. Como assim? É que a gente é da filosofia de que economizar para comer coisas gostosas é superválido. E o que a gente pode fazer? A Lanchonete da Cidade é o lugar que a gente mais freqüenta no mundo – não adianta, por mais que a gente tente fugir, pelo menos uma vez a cada duas semanas a gente tá lá, bobão, contando as moedas para pagar.
 
Dicas de gente que FREQÜENTA, e MUITO, a Lanchonete. Primeiro: seja atendida(o) pelo garçom Rodrigo se você quer ter prazer estético. Ele é bem gato. Segundo: dependendo da sua fome, você pode comer um mini x-burguer por R$ 13 – tá vendo? Não é tão caro! Também tem a opção do Totó, que é o cachorro-quente deles, mas o PobreTambémCome prefere os hambúrgueres mesmo. Terceiro: tá com muita fome! Então se joga no Roque, que é uma delícia, ou no Amarelinho, que tem… OVO! Quarto: a gente gosta da batata frita rústica para acompanhar, mas ela pesa na conta. Só peça se você estiver com grana sobrando. Quinto: tem bala de graça numa mesinha perto da vitrine!

E antes que eu me esqueça: eles prometem suco de tangerina para junho / julho. É porque a safra está curta… então só tem drinque de tangerina, por enquanto.

Serviço
Lanchonete da Cidade
Al. Tietê, 110, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3086 3399
www.lanchonetedacidade.com.br

Jorge Wakabara

E com vocês… o primeiro texto de Mari.

Eu confesso: é um caso de amor. Inabalável. Já fui umas 10 vezes e nunca me decepcionei. Já tentei arrastar Jorge lá alguma vezes, mas é missão impossível (quem sabe com esse texto ele se sensibiliza…).

O Insalata é um restaurante fofo, com atendimento fofo e comida ótima. Não é o restaurante mais barato da cidade, mas também está longe de ser o mais caro, principalmente se considerarmos a qualidade da comida. Não tem erro: as saladas são lindas, ótimas e pra lá de apetitosas – nada daquele negócio insosso de alface com tomate e palmito. A coisa mais comum é gente ficar de olho no prato da mesa do lado, de tanto que chama atenção.

Apesar do nome, o cardápio tem também quiches, tortas, sanduíches, risotos, enfim, tem pra todos os gostos. Ideal pra quando você tá querendo sair pra jantar com uma galera e cada um quer comer uma coisa, sabe? Mas o que eu recomendo mesmo é o fettucine ao molho quatro queijos acompanhado por salmão grelhado (R$ 28). É uma porção generosa e pra lá de boa. Se não quiser gastar tanto, a versão só com a massa (também generosa) custa R$ 20.

E as sobremesas?! Afe, um caso à parte. Não tem erro, são todas ótimas. Melhor petit gateau de chocolate (R$ 11,40) que existe, e tem também uma versão de doce de leite pelo mesmo preço. Outra delícia é a torta mole de chocolate com sorvete de creme. Vale a pena maneirar no jantar e guardar espaço pro doce, porque as sobremesas – principalmente essa torta mole – são bem grandes.

Pra fechar, vale experimentar os sucos, que são muito bons – principalmente o de mexerica! E tente fugir dos horários convencionais de almoço/jantar do fim de semana, porque com certeza vai ter uns bons 10 minutos de espera.

Dica: o site do restaurante tem o cardápio (não todo) com os respectivos preços, o que te dá uma noção do quanto você vai gastar. Nosso blog ADORA site de restaurante que tem os preços dos pratos! Planejamento é tudo nessa vida.

Serviço
Insalata
Alameda Campinas, 1474, Jardins, São Paulo, SP.
Tel: 11-3885 1514
www.insalata.com.br

Então, a Mari ainda não sabe usar WordPress, ela é uma lesada. Já tem dois textos prontos dela, que eu estou esperando para publicar porque seria mais legal se já fosse com o login dela – pelo visto, esse acontecimento NÃO SERÁ POSSÍVEL, então daqui a pouco eu publico um deles HAHAHA
Tudo bem. Como diria a própria Mari: a vida segue.

Fora isso eu queria fazer uma crítica pública ao Ritz. As bichas adoram o Ritz da Franca, a gente sabe. A gente sabe e ALIÁS, não entende o porquê, já que a Lanchonete da Cidade (que é o hambúrguer que mora no nosso coração e que vai merecer um post especialíssimo em breve) fica megaperto e é MUITO MELHOR. O ambiente é retrô e mais agradável, também tem suco de tangerina (que, você já sabe, para nós é fator ultrapositivo), tem uma batata frita muito mais gostosa…

Tá bom, a gente sabe porque eles preferem o Ritz. É porque na verdade eles vão para o Ritz para paquerar, e não para comer. Aliás, será que eles comem hambúrguer? Parecem tão saudáveis, tão distantes do fast-food…

Tudo isso para dizer que existe apenas UMA coisa que realmente vale muito a pena no Ritz. É o bolinho de arroz. Huuummm! Ele vem com um molhinho agridoce que – acho – tem como base pickles. Não é todo mundo que curte o molho, mas o bolinho, olha, até onde sei é unanimidade.

Aí você vai me dizer que o Ritz é caro. Pois eu respondo: hambúrguer simples acompanhado pela porção de bolinhos sai por… R$ 20! Pô, se for pedir delivery é quase o mesmo preço de um número do Mc Donald’s!
(Ah, sim, porque você, que é leitor do PobreTambémCome e tem um bom gosto de embasbacar, não gosta de freqüentar o Ritz, aquele lugarzinho metido cheio de bicha rica.)

Então fica assim: o Ritz não é pra ir com peguete, nem com família, nem com amigo, nem para paquerar (ao menos que – creeedo – lhe apeteça). O Ritz é pra pedir por telefone.

Serviço:
Ritz
Tel do delivery: 11-3079 3661

Chama-se À Marroquina. Esquisito? Pois é mesmo.
É que eu e a Mari (sim, pessoas, por isso que eu sempre falo no plural, esse blog é meu e da Mari, mas a gente ainda não fez o login do WordPress dela direitinho) – continuando: eu e a Mari adoraaaamos suco de tangerina. Agora imagine uma Frozen Margarita de tangerina?! Essa preciosidade está disponível no Kebab Salonu, aquele restaurante especializado em kebab que fica na Rua Augusta.

O kebab é bom: costumo comer o indiano, que é levemente apimentado, tem chutney de banana e curry – um monte de coisa que eu adoro. Ele tá R$ 16. Mas, no fundo, a gente curte mesmo ir lá por causa do drinque! Custa R$ 12 – quase o mesmo preço de uma caipirinha de vodca, mas a gente garante que a experiência é única!

(Se você não estiver a fim de beber no dia que você for para lá, o chá de hortelã também vale super, é muito saboroso).

Detalhezinho chato: fumantes, vocês vão se desesperar. Não tem área de fumante no Kebab Salonu. Imagine beber o drinque da hora sem um cigarrinho? É, meus caros, eu sofro. O jeito é beber só um, para esquentar.
Aliás, antes que eu me esqueça: o lugar é bom para ir com amigo, mas é óóótimo para levar peguete em primeiro encontro – sabe como é, impressiona por ser diferentão mas não é caro!

Serviço:
Kebab Salonu
R. Augusta, 1416, Consolação, São Paulo, SP.
Tel. 11-3283 0890
www.kebabsalonu.com.br