Posts Tagged ‘shoyu’

(Crente que eu tô sabendo MUITO japonês!)

Lembra que eu disse que ia falar do Predinho aos poucos? Pois bem, fui visitar o abençoado local de novo, dessa vez com a minha mais freqüente companhia nesse bairro tão LIBERTO: Srta. Monayna.

A Mo queria ir no Mugui de novo, mas eu tanto fiz e insisti que a gente acabou se encaminhando para a Sukiyaki House.

Parênteses didático: você sabe o que é um sukiyaki? Um dos pratos japoneses mais gostosos e fáceis de fazer, consiste num… mexidão? Num… ensopadão? Não sei explicar. Você pega carne, verdura, uns lances japoneses, uns brotos de feijão, joga tudo numa panela com um molhinho a base de shoyu e mistura mistura mistura esquenta esquenta esquenta ferve ferve ferve e fica uma delícia.

Sukiyaki é um prato ótimo para comer nesse tempo friozinho – tipo fondue, sabe? Ele é acompanhado de arroz. O mais divertido de tudo na “feitura” do prato é que, tradicionalmente, você mesmo prepara. Isso mesmo: tem uma panela com fogareiro embaixo no meio da mesa e você que vai colocando as coisas lá dentro (geralmente eu coloco cebola e umas folhas que soltam muita água primeiro, e a carne em seguida, e aí o resto – não sei se está certo). Mas a sensação é tipo “tô brincando de casinha”. Se você for chato e não quiser fazer, pode pedir para fazerem – vai perder metade da graça, azar o seu.

Lá na Sukiyaki House ainda tem os famosos CROQUETES (R$ 2) – eu e a Mo amamos, é tradicional comer um antes da comida. E caipirinha de pinga, óbvio (R$ 6). O sukiyaki mais simples sai por R$ 27, dá para duas pessoas tranquilamente.

Total por pessoa: R$ 21,50. Tchanaaam! Precinho ótimo, né???

Serviço
Sukiyaki House
R. da Glória, 111, sala 13, 1º andar, Liberdade, São Paulo – SP.
Tel. 11-3106 4067

Jorge Wakabara

Anúncios

Parece brincadeira, mas não é. Jorge e eu fomos à Santa Clara Batataria e comemos… salada. É, não comemos batata. Explico: a fome não era tão grande a ponto de pedir uma, porque as porções são fartas. A batata pequena vem acompanhada por salada e custa de R$ 20 a 26; a grande vem sozinha, mas deve ser enorme (e é um pouco mais cara, a partir de R$ 27). Mesmo não comendo, só de ler o cardápio ficamos com água na boca: tem recheios como camarão com abobrinha, carne seca, presunto cru com brie, cogumelo e frango com requeijão – a Bia pode dar a sua opinião sobre as batatas nos comentários porque ela já experimentou.

De entrada, tem uns bolinhos fritos de batata, queijo e salsinha ótimos – só podiam estar um pouco mais sequinhos. A porção custa mais ou menos R$ 12, mas dá para dividir com outra pessoa tranqüilamente (afinal é só entrada, né, minha gente… Não é pra se empanturrar).

As saladas custam de R$ 20 a 22 e são grandes (também dá pra dividir). A de salmão defumado com abobrinha, folhas verdes e molho de shoyu é bem gostosa, e tem uma de brie com pêra bastante convidativa. Pra acompanhar isso tudo, tem cerveja de garrafa como Original ou Serra Malte (as mais baratas do cardápio, R$ 5 cada), drinques e vinho. Vale comentar o lugar, que é superagradável, com mesas iluminadas por velas e sofás cheios de almofadas.

Só um porém: de quinta a domingo, a casa tem música ao vivo, com couvert opcional de R$ 4 por pessoa. A questão é que eles cobram o tal couvert automaticamente na conta; caso não queira pagar, lembre-se de avisar o garçom porque ninguém pergunta se você quer contribuir ou não. E o mais absurdo: eles cobram 10% em cima do couvert! Como assim?!

É isso. Ah! E diz que de terça a domingo eles também entregam em casa (melhor ligar lá para ver os detalhes)!

Serviço
Santa Clara Batataria
Rua Áurea, 361, Vila Mariana, São Paulo – SP.
Tel. 11-5575 9504

Rua Girassol, 354, Vila Madalena, São Paulo – SP.
Tel. 11-3816 2501

http://www.santaclarabatataria.com.br/

Mari Tavares