Posts Tagged ‘porco’

O que fazer quando você ficou a noite inteira trabalhando em uma peça e está morrendo de fome? Vai para a Casa do Norte da Corifeu comer um… BAIÃO DE DOIS.

E o pior é que a gente não morreu de indigestão! Pelo contrário, foi ótimo! Essa Casa do Norte (existem várias em São Paulo, a da Corifeu recebeu o subtítulo fofo de Cantinho do Martinho) tem uma decoração típica – leia-se coisas penduradas no teto do tipo chapéu de cangaceiro e cartazes na paredes de duplas sertanejas de gosto duvidoso – e conta com banda ao vivo de vez em quando (é na palma da mão…).

Pedimos o baião de dois para duas pessoas, ele vem bem servido – o do Biu continua sendo o meu preferido, mas gostei bastante desse também. Para variar um pouco, o baião de dois para duas pessoas serve três. HAHAHA! Aí o garçom perguntou: “que carne acompanha, porco ou carneiro?”. Enquanto eu passava por uma indigestão crônica só de pensar nisso, o Eduardo respondeu “PORCO!”. E comeu. A Renata comeu também, que eu vi, e a Raquel também. Cada um cada um, já dizia Patrícia Marx, né, minha gente?

Bom, bebemos (cerveja), comemos pencas, deu R$ 12 para cada um. Um preço basicamente ridículo.

Obs.: a banda é bem eclética. Eles também tocaram Raul e Anna Julia. Na seqüência! Tá bom procê?

Serviço
Casa do Norte – Cantinho do Martinho
Av. Corifeu de Azevedo Marques, 1338, Butantã, São Paulo – SP
Tel. 11-3722 1585

Jorge Wakabara

Anúncios

Pra quem ficar na cidade no feriado e não for extrair nenhum 3º molar, que tal comida chinesa diferente de yakissoba?

Esse lugar, o Rong He – restaurante de massa chinesa, pode ser o lado B chinês. Se fosse na China seria normalzinho, bem PobreChinêsTambémCome (porque se fosse RicoChinêsCome, seria sashimi de magurô – atum).

O tchans do lugar, como diz o subtítulo, é a massa chinesa. Feita na hora do pedido, os macarrões podem ser feitos na máquina ou na mão. Como? Vai lá ver, tem um chinês profissa na vitrine, é impressionante.

São vários tipos de sopas / macarrão. Macarrão oriental invariavelmente vem com sopa junto, muita coisa, tudo boiando. O carro-chefe da casa é o Macarrão Apimentado com Frutos do Mar (e carne de porco, que eles não vivem sem): custa R$ 20. Eu sugiro também a Sopa Agre-Apimentada, que tem bastante vinagre no caldo, R$ 18. Tem yakissoba tradicional, mas não é essa a proposta se você está lá. Os pastéis chineses (guiozá e afins) são ótimos também, a porção é considerável e custa R$ 16. Tem também várias conservas tradicionais, de acelga, de bucho suíno e outros vegetais, R$ 6 em média. Se prepara no olfato! (Nota do editor: CRUZES! AAAH! SOCORROOOO!)

Acho que todas as opções do cardápio tem versões vegetarianas, o que é ótimo, porque é um bom lugar pra ir acompanhado de qualquer pessoa “gastronomicamente interessada”, a não ser que você seja glutão. A sua companhia, portanto, pode ser uma pessoa que não come carne!! Todos os macarrões / sopas dão pra três pessoas normais fácil. Ou dois ogros… então a conta fica decente.

O lugar é simples, as mesas são simples, o atendimento é simples. A fila existe e a hostess não deve entender muito português, só na hora de fazer as contas, porque ela também é o caixa. NÃO ACEITA NENHUM CARTÃO. Só dinheiro e cheque.

Serviço
Rong He (Restaurante de Massa Chinesa)
No quarteirão seguinte da Choperia Liberdade, lado direito, não tem placa.
R.da Glória, 622A, Liberdade, São Paulo – SP.

Natalli Tami

A Antonia (que é estagiária aqui do Chic e nas horas vagas é hostess – TÁ?) me lembrou e eu adorei a lembrança: o Sesc Pinheiros é um dos lugares mais civilizados de São Paulo. Limpo, com atrações gratuitas ótimas, com gente de tudo quanto é tipo, e as atrações que são pagas tem um preço superacessível.

Outra coisa acessível por lá é a Comedoria, o restaurante do Sesc. Tá, o nome é meio estranho mas tem o seu charme. Funciona em serviço de buffet com porções de preço fixo. Os pratos sempre tem algo de diferente, seja por serem tipicamente brasileiros, ou por terem ingredientes um pouco mais exóticos (tipo damasco, moyashi etc.). Mas o melhor é que fica superbaratinho: você consegue comer por R$ 15, fácil fácil.

O cardápio vai variando a cada dia. No sábado, 08.03, vai ter frango assado ao chutney de papaia – huuuum, FINO. E também vai ter feijão de capataz, com carne seca, lombo suíno, lingüiça paio, mandioca, feijão preto. Delícia. E vai ter show da Fernanda Takai lá no fim-de-semana, vamos?!

Serviço
Comedoria do Sesc Pinheiros
R. Paes Leme, 195, Pinheiros, São Paulo – SP.
Tel. 11-3095 9400
www.sescsp.org.br

Jorge Wakabara