Posts Tagged ‘pão’

Minha paixão por padarias é de longa data e tenho certeza que ela não é só minha. O pãozinho quentinho com manteiga derretendo certamente já foi o momento mais empolgante do café-da-manhã de muita gente. Hoje as padarias se profissionalizaram, tornando-se muitas vezes grifes do pão.

Na minha busca pela padaria perfeita, descobri uma que foge ao padrão das 24horas. É a Padaria Aracajú, em Higienópolis, pertinho da praça Vilaboim. Uma padaria tradicional, sem a maioria das cafonices das padarias tradicionais e com mesinhas do lado de fora. É muito freqüentado pelos moradores da região e principalmente por senhoras com seus cachorros.

Minha dica são os pães especiais. O pão de cereais é divino. Sugiro pedir o pão de cereais na chapa com requeijão, de lamber os beiços. A variedade é bem grande e a casa também oferece sanduíches tradicionais e especiais, rodízio de pizza (simples e bem barato) e salgados.

Os doces são um capítulo a parte. A padaria é especializada em doces portugueses: o pastel de Belém é divino e eles têm um docinho de abóbora que derrete na boca. Além das já famosas broas de chocolate e frutas que são leves e muito gostosas. Só de pensar fico com água na boca.

Serviço
Padaria Aracajú
R. Maranhão, 760, Higienópolis, São Paulo – SP
Tel: 11-3666 8857
Horário: 6h às 23h // dom. a partir das 7h

João Marcelo

Anúncios

Queridos leitores! Desculpas pelo sumiço, mas 2009 tá ai e vamo que vamo! Uma de nossas resoluções para este ano – é minha e do Jorge, mas o Jorge ainda não sabe – é atualizar este blog com mais frequência, mas lembrem-se que contribuições de leitores também são super bem vindas!

Enfim, indo ao que interessa, o primeiro post de 2009 é sobre um restaurante descoberto no fim do ano passado, mas que continua sendo um achado. É o Quitanda Gourmet, que ocupa o antigo Sacolão da Vila Madalena. Além de o sacolão ter dado lugar a uma quitanda de gente rica – todas as frutas são super arrumadinhas e, claro, mais caras que em outros lugares -, foi construído no segundo andar um restaurante muito fofo e com ótimo custo/benefício.

Só fui em fins de semana, por isso não sei se durante a semana é o mesmo esquema, mas de sábado e domingo o cardápio permite que você escolha entre pratos a la carte ou pratos japoneses, inclusive rodízio. Um teppan (é assim que escreve?!) de salmão e legumes custa R$ 28 e dá pra dividir. Entre os pratos, as massas custam em torno de R$ 18, e, apesar de serem porções individuais (não rola de dividir), são opções um pouco mais elaboradas, como talharim ao molho de funghi. Tem também opções de saladas e sanduíches.

No domingo tem café-da-manhã até as 13h30, cheio de frutas fresquinhas, docinhos e pães gostosos. Isso é outra vantagem: como logo no andar de baixo tem uma quitanda, os sucos e as frutas são muito frescas. O suco de tangerina custa R$ 4 e a água de coco, R$ 3.  Ah! E tem pastel também, grandes e com muuuuuuuuuuito recheio, vale super a pena. Não lembro exatamente quanto custa, mas deve ser uns R$ 4. 

O atendimento é bastante simpático, mas o melhor é fugir dos horários de pico porque a equipe é pequena e eles não dão conta… O público é sempre bem alternativo, misturando professores de yoga a turmas de amigos descolados.

UPDATE!: Ao contrário do que tinha escrito antes, as outras duas unidades do Quitanda – Pinheiros e Lapa – têm comidinha também. Inclusive a Bia já tinha escrito sobre o de Pinheiros! Sorry, Bia, comi bola! De qualquer forma, acho que as duas unidades têm serviços diferentes, então vale conhecer todos…

Serviço
Quitanda Gourmet – unidade Vila Madalena
R. Medeiros de Albuquerque, 352, Vila Madalena, São Paulo – SP
Tel. 11-3042 4662

Mari Tavares

Achei um lugar que podemos dividir em duas partes: um lado Subway e um lado Starbucks. Ou seja, o local é bem american new way of life.

O lado Subway deles é quando você entra na fila pra montar o seu próprio lanche, escolhendo os ingredientes na “vitrine”. Mas o plus do lugar são as opções! Molhos diferentes, incluindo um tal de wasabi dijonaise que é ótimo. Várias carnes com vários temperos, de rosbife a frango tandoori. Queijos diversos, de prato a brie. Legumes cozidos e grelhados. E verduras fresquinhas. Tem as opções prontas de sanduíches, mas escolher o que você quer é mais legal. Ah, sim… o pão é feito lá mesmo, num fornão a lenha, o que deixa o lugar com cheiro de padaria.

Um sanduíche básico (1 molho + 1 carne + 1 tipo de queijo + legumes + alface + tomate), dá pra uma pessoa com muita fome e custa R$ 17,90. Tem também só salada (muitas opções de folhas e complementos), que vem numa tigela IMENSA, por R$ 17,90 também.

Ok, não é muito pobre, já que esse preço não inclui bebida. Mas o lado Starbucks deles é: sabe todos os tipos de café americanos? Lattes, mochas, decafs, que não existem em tamanho pequeno? Tem tudo, e pela metado do preço da cadeia de café já citada. Um café simples sai por R$ 3,30. Todos os chás são Twinings (tem Darjeeling, meu novo amor), também por R$ 3,30. Muffins imensos, brownies, frutas e bolos de cenoura, todos na faixa de R$ 4,50. E o grande destaque vai pro waffle, bem quadrado, bem americano, por R$ 4,90. Breakfast only.

O lugar é bacana, a freqüência é bonita, o som ambiente é agradável. No almoço é lotado, de tarde é o meu novo refúgio para meus late lunchs. À noite, não sei. Talvez na unidade Itaim vire balada…

Serviço
NYC NYC Sandwich Bar (o povo lê “Níqui Níqui”)
Av. Eng. Luis Carlos Berrini, 1444, Brooklyn
Av. Juscelino Kubitschek, 165, Itaim Bibi
São Paulo – SP
www.nycnyc.com.br

Natalli Tami

Um dia desses eu encontrei uma superamiga e, conversa vai, conversa vem, falei pra ela sobre o nosso PobreTambémCome. Depois de amar essa idéia, sabe qual foi a primeira pergunta que ela fez? “E na ZN, que que tem de BomPraPobre?”. Essa pergunta me pegou de jeito, já que eu nasci, cresci e fui criada na ZN, mais especificamente no bairro do Limão (ou Kentuky, como diria o Fê!) e não sabia responder. Pensei cá com meus botões e me veio à cabeça o que de melhor meu bairro natal tem: a padaria A Lareira. Foi lá que eu passei a infância, junto com minha amiga Alessandra, engordando entre um pão recheado e um belo doce. Conhecia todo mundo, meu segundo lar – seria o primeiro, mas minha mãe não deixou!

Começou pequena, bem de bairro mesmo, e hoje é um império de sabores e delícias. O pão não tem o que dizer, é maravilhoso. Os doces – ai, Jesus! Lá tem de tudo o que a Galeria dos Pães tem, mas, acho eu, que é maior e não tem tantas dondocas assim! É térrea, tem um amplo espaço de mesas; balcão de doces, frios e para pedir lanches; mini-mercado; forno de pizza e é 24 horas. Se você trabalha por ali perto, vai lá pra Cachoeirinha ou quer descobrir o que que a ZN tem, passa lá. É padoca, meu, pra todos os bolsos, inclusive para os cheios de teias de aranha.

Enquanto isso, vou tentar lembrar o que mais tem na ZN para você… e pra mim também, porque a situação tá roxa!!!

Serviço
A Lareira
Av. Deputado Emílio Carlos, 718, Bairro do Limão, São Paulo – SP.
Tel. 11-6858 4400
www.alareira.ind.br

Cinthia Reis 

Quando li que o Djoh tava usando um moletom manchado da Universidade de Amsterdã, lembrei que eu já citei o Amsterdã Café & Bistrô aqui e não fiz um post só dele.

Ele fica ali, no meio do Jardins, mas longe da muvuquinha. É perfeito pra almoço de família, pra ir com amigos e, principalmente, pra ir com peguete de importância. E, o mais legal, é possível fazer uma festinha, alugando o espaço superior. Mais ou menos como o L’aperô, só que menos balada – uma coisa mais gourmet. Nas paredes, fotos, pôsteres e cartões postais holandeses, um charme (mas nada a ver com as coffee shops da cidade de Amsterdam, tá?). Dá pra sentar lá e tomar uma cerveja jogando conversa fora.

A comida é ótima! De couvert de entrada tem um pãozinho que eles fazem na hora que é um arraso. As opções são bem variadas e bem elaboradas. Mas as combinações massa + grelhado, risoto + grelhado ou salada + grelhado são as mais interessantes. Tudo na faixa dos R$ 30. Tem opções de sobremesa, claro, mas eu não provei ainda. Vai lá e me conta?

Serviço
Amsterdã Bistrô & Café
Rua Mello Alves, 506, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3061 1676

Natalli Tami

Sabe aquele monte de restaurante carérrimo da R. Amauri – o único lugar de São Paulo onde a quantidade de valets é maior que a quantidade de gente? Pois bem, eu sempre tive um ÓDEO de trabalhar ali (o prédio do iG fica na frente da pracinha), porque sabia que estava rodeado de comida gostosa que eu NÃO POSSO PAGAR.

Mas hoje uma saída para almoçar com meu caro Raul (mais conhecido entre os fãs de futebol como o INIGUALÁVEL BETO MITO) me mostrou que quem não tem Amauri caça com João Cachoeira, querido leitor. Que sucesso! E eu, que sempre ia no Cachoeira Tropical, bem humilde (o vegê de R$ 13), nem sabia que um quarteirão antes existia um MUNDO DE RESTAURANTES! Só de passar o olho: um árabe, um espanhol e um… goiano!

Fomos ao Don Mariano, um restaurante de comida espanhola – huuum, que chiquê. Tá com cara de caro, né? Mas não é. Eles possuem almoços executivos com três opções diferentes de pratos principais – o de quinta-feira era filé mignon ao molho madeira, picanha argentina com vinagrete ou bacalhau. O executivo inclui SALADA e SOBREMESAAA (salada de frutas ou um mousse de chocolate bem gostosinho).

Chuta o preço de tudo isso.

R$ 16,55. Eu disse R$ 16,55. Sim, amigos: inclusive o de bacalhau é R$ 16,55.

A nossa conta deu um pouco mais cara porque não resistimos e tivemos que comer uma porção de mini-empanada. Pedimos metade de roqueford e metade de carne picante, as duas bem gostosas. R$ 10,70 – é bom para tira-gosto, se não está com muita fome. No site tem os sabores das empanadas normais, elas custam em média R$ 4 – não experimentei, mas se a mini-empanada é boa a grande é capaz de ser também, né?

O serviço é bem atencioso e, qüende, o couvert de pãozinho e manteiga é de graça!!! Impossível não engordar três quilos.

Outra hora me aventuro nas outras opções dessa rua que, para mim, é um NOVO PARAÍSO. Ai, pobre se contenta com qualquer coisa, né?

Serviço
Don Mariano
R. João Cachoeira, 178, Itaim, São Paulo – SP.
Tel. 11-3079 5964
www.donmariano.com.br

Jorge Wakabara

Começa a temporada mineira do PobreTambémCome – meio atrasada, eu sei, mas é que internet aqui é meio rara e eu arrumei um peguete ótimo, então não enche.

Para quem não sabe, estou em BH por causa do Minas Trend Preview. E, para quem não sabe também, a comida mineira é engordativa e, como tudo que engorda, é maravilhosa.

Como o Gabriel é mineiro, ele está meio que servindo de anfitrião para nós – e nos levou em locais legais, sim, faça-se justiça! O primeiro foi o Maria de Lourdes Botequim, que vende um chopp caseiro – cujo slogan, por sinal, serve de título para esse post.

O chopp Krug é totosinho – cremoso, e segundo o Bob é “muithso lééévi” – ele disse isso enrolando a língua e tentando provar para nós que chopp “não dá nada”. Sei.

Bom, o chopp é bom mas a gente veio aqui para beber ou pra comer? Peça a porção de carne de panela, vem com um molhinho delícia e pãozinho para molhar!!! HUUUMMMM, MA OE! Também pedimos uma porção de pastel de aipim com recheio de carne – acho que era isso. Então, para nós paulistas isso se chama RISOLES. Mas tudo bem, a gente respeita a lingüística de cada um.

Bom, resultado: bebemos mega, comemos bem e a conta deu R$ 25 for each (quatro pessoas). O bar é do tipo simpático-Vila-Madalena-limpinha, mas não chega a ser um “picanha na calçada”. Portanto, recomendamos.

Serviço
Maria de Lourdes Botequim
R. Barbara Heliodora, 141, Lourdes, Belo Horizonte – MG.
Tel. 31-3292 6905

Jorge Wakabara

Como todo bom pobre habitante da PAULICÉIA, aposto que sua LOMBRIGA também é viciada em SUCO DE TANGERINA.

De uns anos pra cá, o suco se tornou febre nas principais lanchonetes e PADARIAS 2.0 (adorei esse termo que li em algum lugar) da capital.

Na verdade, a própria tangerina é um versão 2.0 da laranja: docinha, menos ácida e com uma COR linda.

Como todos sabemos, a TANGE é sazonal – afinal ela é uma fruta e nao uma truta (ai que piada horrorosa). Eu sempre sofro quando sou obrigada a escolher outra bebida.

Entretanto, trago a boa nova para vocês: há um lugar onde – independente da época do ano – é possivel saborear um delicioso suco de tangerina.

Estou falando do Empório Moema, localizado no lado PÁSSAROS do bairro.

A padaria é gigantesca, oferece uma infinidade de comidinhas, desde pães e doces a massas artesanais e risotos, feitos lá mesmo.

Sugiro, como um bom acompanhamento para o suquinho, uma porção de pães de queijo recheado com alguma coisa que me lembra catupiry mas é mais gostoso. A massa é diferente, dissolve na boca: a escapadinha perfeita da dieta.

Serviço
Empório Moema
Av. Macuco, 218, Moema, São Paulo – SP.
Tel. 11-2101 4000

Ana Laura Mello

O título diz tudo.

Ok, vou falar mais: fui na unidade Jardins, ali na Padre João Manuel, pouco mais acima da Tietê, esquina com a José Maria Lisboa. Mas acabei de descobrir que é da mesma família dona da padaria Barcelona, que fica lá em Higienópolis, famosíssima. Sabe quando tudo o que está exposto tem uma cara ótima, recém-feito, nada de ontem? Pães, doces, bolos, ciabatas, roscas, sanduíches… quando vi, furei minha dieta!

Tomei um late brunch (existe? se não existe, inventei agora: sem almoço às 3 da tarde), com direito a chás, sanduba com muito recheio num pão delicioso e, pra arrematar, mousse de chocolate. Não chegou a R$ 20. A unidade Jardins tem um mezanino com terraço pra sentar tranquilamente, comer e ser bem atendido, longe da muvuca da padaria. Bom pra fim de tarde e manhãs preguiçosas. Assim como comprar o seu café da manhã completo e levar pra casa. Ou pra deixar aquela festinha mais chique.

Serviço
Benjamin Abrahão – Mundo dos Pães
Rua José Maria Lisboa, 1397, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3061 4004

Padaria Barcelona
Rua Maranhão, 220, Higienópolis, São Paulo – SP.
Tel. 11-3258 1855

www.benjaminabrahao.com.br

Natalli Tami

Dica do Ferdie. Acho que é a Mari que não gosta da Bella Paulista, né? Tô nem aí, eu gosto. HAHAHA Adoooro a pizza portuguesa deles – para comer no balcão mesmo, bem paulistano. O Fer, por sua vez, sugere o buffet de sopas.

“Uns 20 reau. Fui lá ontem. Tinha cinco tipos de sopa, alguns tipos de pães, pães recheados, tortas doces, pães doces, patês, pão de queijo, suco de laranja, bolos e tralalá”.

O Fer sugere ir de domingo – após as 18h, que é quando começam a servir o buffet. É para comer loucamente e sair rolando, bem bolinha. Foda é esperar a fila, geralmente gigantesca. Serviço
Bella Paulista
R. Haddock Lobo, 354, Cerqueira César, São Paulo – SP.
Tel. 11-3214 3347
www.bellapaulistaonline.com.br

ATUALIZAÇÃO: para ser + exato, o buffet é R$ 19,80!