Posts Tagged ‘kafta’

Ainda em Brasília – e agora a dica é exótica. Sabe o Gilberto Salomão? Antes ele era o point da juventude candanga. Não é mais – mas ainda tem lojas bem bacanas por lá. E também tem o Isis Café Empório.

O restaurante é árabe e beeem gostoso. Tem pratos baratinhos, tipo R$ 12. Fui com o Roberto e o Ricardo, dois jornalistas que também estão cobrindo o CFW, então experimentamos três pratos diferentes – cada um pediu um e fizemos um “rodízio”, dando uma bicada de cada. Foi ótimo e recomendo que vocês façam o mesmo – o cordeiro tava com um tempero gostosíssimo – o Ricardo, que cozinha portanto entende mais do que eu dessas coisas, elogiou – e o filé mignon também tava bem bom. A kafta eu achei muito seca. E o destaque: A PIMENTA BIQUINHO. Tô apaixonado pela pimenta biquinho. Quero pimenta biquinho todo dia. Gente, PIMENTA BIQUINHO É O NOVO PETIT GATEAU.

Além de ter comida legal, adorei a decoração do local: as cadeiras são de junco pintado de branco, as mesas tem uns desenhos, tudo bem típico mas parece também bem autêntico – não é cenografia, só vendo para entender.

Eu sei que essa sugestão sai um pouco do nosso contexto – é em uma espécie de shopping, mas achei o lugar tão interessante que decidi incluir aqui.

Obs.: esqueci de experimentar a esfiha. Desculpa aí, heim?

Serviço
Isis Café Empório
Centro Comercial Gilberto Salomão – QI 5, Lago Sul, Brasília – DF.

Jorge Wakabara

Anúncios

Lembra do Kebab Salonu, que a gente adora? Ele é uma delícia, mas vamos combinar: ele não é muito barato para o bolso dos PobresQueTambémComem.

Meu amigo, minha amiga: seus problemas quase acabaram. A gente tem uma opção bem mais em conta ali pertinho: é só descer mais a Augusta e passar o Bar Verde (que as pessoas insistem em chamar de Ibotirama, mas para mim e para Mo ele chama Bar Verde e pronto). Na Fernando de Albuquerque tem o Kebabel!

A gente não acha que o kebab do Kebabel é tão gostoso quanto o do Kebab Salonu – ele é menor, inclusive, mas acho que mais parecido com o que você encontra no exterior. De qualquer forma, um kebab de kafta sai por… R$ 10,90! OBA!

No Kebabel não tem drinque de tangerina, mas rolam umas cervejas diferentonas – eu, como sou PobreQueBebe, pedi uma Bohemia mesmo e dane-se. A caipirinha é cara. Mas tem outro ponto positivo: ao contrário do Kebab Salonu, no Kebabel pode fumar! UFA!

E se você for, repara no lustre com talheres! Mó legal!

Serviço
Kebabel
R. Fernando de Albuquerque, 22, Consolação, São Paulo – SP.
Tel. 11-3259 1805
www.kebabel.com.br 

Jorge Wakabara

Acho que todo mundo já ouviu falar do restaurante Almanara. Pois bem, pobre que é pobre nunca que vai entrar nesse lugar, mas não precisa ficar deprimido. A versão pobre do Almanara é uma maravilha e chama Esfiha Imigrantes. “Ah, é longe…” Não, não é!

A 700 metros do Metrô Imigrantes, você pode saborear as delícias que uma cozinha árabe pode proporcionar. Olha que eu gosto muito de comer, vou a muitos lugares, e mesmo assim arrisco dizer que a Esfiha Imigrantes está pau-a-pau com a versão chique. A esfiha de escarola é um crime e a kafta é espetaculosa. Com R$ 20, você come mooooito!!!

O serviço é rápido, barato e tem estacionamento gratuito. Quando você chegar lá, pode até ter uma fila, mas não desista, ela demora no máximo 10 minutos. Como nem tudo são flores, acho que o único defeito do lugar são suas mesas coladas. Mas aí, né pessoal, pensa pelo lado positivo, dá até pra fazer novas amizades!!

Vai com os amigos, família ou paquera, é muito gosthoso e barato também. Não tem com que ir? Me chama que eu vou!!!

Serviço
Esfiha Imigrantes
Av. Ricardo Jafet, 3332, Vila Gumercindo, São Paulo – SP.
Tel. 11-5071 2988
www.esfihaimigrantes.com.br

Cinthia Reis

Estamos recebendo várias colaborações!!! Eeeee, não é que o povo se empolgou? Então eu vou publicar tudo aqui bonitinho para facilitar na hora da busca, com os links ao lado – o povo tá colocando nos comentários!

A Ana Fialho (saudades, fia!) descobriu a sugestão dela por pura necessidade, porque ela veio trabalhar em Pinheiros na Trip e teve que conhecer lugares para comer no bairro. E eu, que sou superfã de Pinheiros (somos legítimos pinheirenses, eu e Mari), adorei a dica porque já conheço e assino embaixo. Tomo a liberdade, então, de reproduzir o texto do blog da Ana:

Laieli Cozinha Árabe

Um dos campeões (da cidade, diria!) na relação custo-benefício. O buffet a quilo tem sempre maravilhosos tabules, homus, tahine, coalhadas secas e afins. Os colegas saboreiam kaftas e kibes crus com muito gosto. O clima é bem descontraído e logo na entrada você é incentivado a dividir a mesa pela dona do restaurante.
Rua dos Pinheiros, 694 – 12h às 15h

Ana só esqueceu de colocar o preço! Eu, por exemplo, quando vou, gasto uns R$ 13. E olha que eu como bem, heim? Veja mais dicas dela em Pinheiros aqui! (eu só não curto muito, entre as dicas dela, o Quitandinha – acho bem ruinzinho. Do resto, o Pobre Também Come aprova!