Posts Tagged ‘frios’

Um dia desses eu encontrei uma superamiga e, conversa vai, conversa vem, falei pra ela sobre o nosso PobreTambémCome. Depois de amar essa idéia, sabe qual foi a primeira pergunta que ela fez? “E na ZN, que que tem de BomPraPobre?”. Essa pergunta me pegou de jeito, já que eu nasci, cresci e fui criada na ZN, mais especificamente no bairro do Limão (ou Kentuky, como diria o Fê!) e não sabia responder. Pensei cá com meus botões e me veio à cabeça o que de melhor meu bairro natal tem: a padaria A Lareira. Foi lá que eu passei a infância, junto com minha amiga Alessandra, engordando entre um pão recheado e um belo doce. Conhecia todo mundo, meu segundo lar – seria o primeiro, mas minha mãe não deixou!

Começou pequena, bem de bairro mesmo, e hoje é um império de sabores e delícias. O pão não tem o que dizer, é maravilhoso. Os doces – ai, Jesus! Lá tem de tudo o que a Galeria dos Pães tem, mas, acho eu, que é maior e não tem tantas dondocas assim! É térrea, tem um amplo espaço de mesas; balcão de doces, frios e para pedir lanches; mini-mercado; forno de pizza e é 24 horas. Se você trabalha por ali perto, vai lá pra Cachoeirinha ou quer descobrir o que que a ZN tem, passa lá. É padoca, meu, pra todos os bolsos, inclusive para os cheios de teias de aranha.

Enquanto isso, vou tentar lembrar o que mais tem na ZN para você… e pra mim também, porque a situação tá roxa!!!

Serviço
A Lareira
Av. Deputado Emílio Carlos, 718, Bairro do Limão, São Paulo – SP.
Tel. 11-6858 4400
www.alareira.ind.br

Cinthia Reis 

Anúncios

Bato o pé e compro a briga. É preconceito quem diz que a Galeria dos Pães é cara! Ela tem pinta de cara e é frequentada pelas pessoas mais mal-educadas do planeta, do tipo que não sabe nem dizer “obrigada”. Mas releve, porque vale a pena. 
 
Pra quem não conhece, a Galeria dos Pães é uma megapadaria 24 horas com três ambientes. No andar de cima rola o buffet de café da manhã, almoço (só durante a semana), chá da tarde e, das 18h as 5h, a sopa da noite. No inverno é fantástico se encher de sopa lá. De fim de semana, o brunch também é bem gostoso. Você paga R$ 18,50 e come à vontade – vale a pena ir com calma, chegar cedo e ir comendo aos poucos, devagar e sempre, pra fazer valer seu dinheiro. Até porque eles vão renovando as opções, então de repente chega bomba de chocolate, ai depois vem mini-sonho e por aí vai.
 
No andar de baixo, logo na entrada, tem um espaço enorme que é a padaria propriamente dita. Tem milhões de tipos de queijos e frios, pães, biscoitos, leite – coisas típicas de padaria. Como, de fato, a Galeria é um pouco mais chique, tem uma adega – é legal ficar passeando lá de vez em quando, só babando…
 
E aí, senhoras e senhores, chegamos na lanchonete. É lá que a mágica acontece. E é lá também que o nome do recinto se justifica: todos os sanduíches têm nome de artistas, como Goya e Rodin, o que faz dessa padaria uma “galeria”… Os sanduíches são grandes e gordos, alimentam bem, e costumam custar entre R$ 10 e 15. Agora, o maior argumento pra provar que a Galeria não é cara são as coisas mais bobas, como pão na chapa e café com leite. O Toddy gelado de lá é um dos melhores que existem. Junto com um croissant na chapa com requeijão, desembolsa-se uns R$ 5. Importante lembrar que é garantia de coisa boa, não aquelas padarias que você vê que o pão é velho, a chapa está nojenta de tão suja e a manteiga é gordura em forma pura. Entre os doces, o pão de chocolate é uma delícia, com recheio farto, e custa R$ 2,50. Só fuja de umas tortinhas em formas geométricas que ficam expostas junto com os pães: elas são extremamente enjoativas e com uma consistência meio estranha…
 
Então põe seu pé lá dentro sem medo de ser feliz!
 
Serviço     
Galeria dos Pães
R. Estados Unidos, 1645, Jardim América, São Paulo – SP.
Tel. 11-3064 5900
http://www.galeriadospaes.com.br
 
Mari Tavares