Posts Tagged ‘frapê’

Ali naquele cantinho chiquê de Sampa surgiu, do nada, um letreiro luminoso que dizia Suco Bagaço – perto do cruzamento da Haddock Lobo com a Oscar Freire, do lado de uma loja de acessórios femininos. Tem um quê de geração saúde, óbvio. Era uma tarde ensolarada, estava bombando, rolava música de academia, muita gente bonita… não quis entrar.

Mas num outro dia, após as 18h, o lugar estava vazio e eu fui lá com a Kaori pra testar. Sendo ela veggie e eu estudando as possibilidades de ser healthier, nossa onda é achar opções interessantes que coincidam com o nosso bolso. Pois bem, achamos uma opção legal.

Todos os dias, após as 17h, qualquer quiche + salada sai por R$ 7,90 e você GANHA outro prato igual. É? É. São três ou quatro opções de quiche e uma salada de folhas verdes variadas com tomates. E os sucos? Uma variedade de frutas e combinações tão grande que demoramos um tempo até decidir qual experimentar. E vem 1/2 litro de suco, feito na hora com frutas frescas. E, claro, vitaminas (opção com leite de soja), frapês, lanche natural, açaí e tudo o mais que a geração saúde pede! Acho que eles vão começar a servir sopas no frio, será que vai ser nesse preço?

Bom, no total, salada + quiche + suco diferente = R$ 10,05 pra cada. Os preços dos sucos ficam em torno dos R$ 6 em média, dependendo das frutas que vc escolher.

Saindo de lá, fomos correr cinco quilômetros no Parque do Ibirapuera e depois fazer uma aulinha de Power Yoga.

Mentira.

Serviço
Suco Bagaço
Rua Haddock Lobo, 1.483, Jardins, São Paulo – SP
Tel. 11-3063 3538
www.sucobagaco.com.br

Natalli Tami

Anúncios

Não adianta, é uma condição humana. Nós sempre iremos julgar um livro pela capa, uma pessoa pelo gosto musical e um barzinho pela decoração. Uma hora a gente muda de idéia, mas a primeira impressão é a que fala mais alto.

Assim foi com o Athenas, na esquina da Rua Augusta com a Antonio Carlos. Como sempre acabo saindo naquela região, achei que fosse mais um bar metido a besta, que cobrava R$ 5 por uma Brahma, e por isso preferia o bom e velho Charm para as cervejinhas de domingo (o Charm, para quem não sabe, fica na frente do Athenas). 

Bom, mas aí fui encontrar um amigo ontem e ele sugeriu que fôssemos lá. Continuei com meu pré-julgamento até chegar no lugar e ver que a garrafa de Stella Artois, geralmente cara na maioria dos bares, custava R$ 4,50. Honesto. E a porção de bolinho de carne (que, não se confundam, não é croquete, é quase kibe) custava R$ 7. E o frapê de sei-lá-o-quê gigante que o meu namorado pediu era R$ 3,50. Ou seja, preço de boteco, qualidade de bistrô, ótimo para ir com amigos, peguetes ou para fazer uma boquinha pós-cinema.

Minha única ressalva foi o atendimento. Os garçons pareciam não nos enxergar e cometeram vários erros, inclusive na conta. Não se pode ter tudo, acho.

Curiosidade: o Athenas Café é do mesmo dono do restaurante grego ao lado, o homônimo Athenas.

Serviço:
Athenas Café
Rua Augusta, 1.449, Consolação, São Paulo, SP.

Bia Bonduki

Falta doce nesse blog. Nós, editores, sabemos, e estamos organizando uma força-tarefa pra preencher este vazio. Pra começar, um lugar simpático e apetitoso: a Cremeria Nestlé.

Ok, a Cremeria é rede, ainda por cima com loja em shoppings, duas coisas que, a princípio, não são bem-vindas no PobreTambémCome. Por isso, vamos restringir a dica às lojas de rua – Higienópolis e Vila Madalena -, mais especificamente à segunda (porque eu e Jorge somos pinheirenses assumidos, fazer o quê…).
 
O espaço da Cremeria da r. Wisard é bem agradável, com cara de café. Tem umas mesinhas simpáticas, algumas até na rua, mas o melhor mesmo são os sofás – dá pra se esparramar bem. Tem lá uma meia dúzia de revistas de fofoca que combinam muito bem com café e sofá. Mas o que o Jorge gosta mesmo é do Almanaque dos anos 70 que fica dando sopa lá na estante…
 
As opções de sabores de sorvete não são tão fartas como em outras sorveterias da cidade, mas também não chega a ser um problema. Tem coisas bem gostosas, como chocolate suíço, doce de leite com coco, creme com cookies e os sorbets de amora e maracujá. A bola costuma ser generosa e custa R$ 5,90. Pagando mais R$ 1 por ingrediente, você pode acrescentar coisas ao seu sorvete, como caldas, farofa, amêndoas etc. Bom lembrar: o título foi só uma brincadeira… lá tem alguns – poucos – sabores que não levam açúcar, como o de chocolate.
 
A Cremeria tem também umas sobremesas mais “gordas” que levam sorvete, tipo petit gateau ou umas taças como a Delícia de Frutas do Bosque (sorvete de creme, frutas vermelhas e calda de laranja). Devem custar uns R$ 10. É esse o preço também de uma coisa muito boa que tem lá: os frapês e milk-shakes. O milk-shake de chocolate suíço é genial, vem com uns pedaços de chocolate meio cremoso… E o tamanho também é suficiente, a não ser que você seja um ogrinho!
 
Pra terminar, impossível não comentar os cafés de lá, que são realmente muito bons! O chocolate quente deve ser uma das melhores coisa que aquele lugar produz. Acho que custa uns R$ 6, mas pode confiar porque vale a pena. O mocaccino também é ótimo, e custa R$ 1,80. Vale ir sozinho e também com o peguete, porque o lugar é bem fofo!
 
Serviço
Cremeria Nestlé
R. Wisard, 179, Vila Madalena, São Paulo – SP.
Tel. 11-3232 1858
 
R. Alagoas, 900, Higienópolis, São Paulo – SP.
Tel. 11-3662 2551
http://www.nestle.com.br/cremeria/
 
Mari Tavares

Faz uns três anos que me apresentaram o Suplicy Cafés Especiais e, desde então, eu dou dinheiro pra família em troca de café decente, lugar decente e conhecimento sobre café. Tornei-me uma chata em relação a café, rodei quase todas as coffee shops da cidade, mas o Supla (apelido carinhoso por conta da pressa do sms) ganha.

Se você tiver R$ 5 na carteira e quiser um café, vai! Vc terá R$ 0,75 de troco, mas será feliz. Peça o doppio, porque a máquina deles é italiana e regulada pra uma dose ser meia xícara.

Todos os tipos de drinques com café são bons, mas o preço varia pelo drinque e pela dose de café: espresso tradicional; machiatto (com espuma do leite); lácrima (leite cremoso e pouco café); cappuccino (com leite cremoso); caffe latte (café com leite); mocha (chocolate/caramelo + leite); americano (aguado); shakeratto (batido com gelo) e extração francesa (pó de café + água por cima, vem naquele bule de vidro com êmbolo). As opções geladas são as que eu gosto mais.

É ótimo pra ir em qualquer ocasião – sozinho, família, peguete, amigos, firma, reunião de negócios, com cachorro, first date, last date, ponto de encontro…

Dicas!
– Não vá com fome, não é o local ideal pra comer.
– O cookie é diferente, uma delícia, e custa R$ 2,50. As tortas mousses são ótimas tb, mas é um tanto caro pelo tamanho – R$ 6.
– Se vc curte chá, as opções são boas, importadas e a infusão é correta. Sugiro o Earl Grey, o Rooitea (canela), Natsukaori e Bolero – R$ 4,50 em média.
– Frapês diversos são bons também, chiques e em torno dos R$ 10.
– O pacote com 250g de pó pra cafeteiras normais custa R$ 10,40, independente da torra (quanto mais torrado, mais amargo). Pergunte qual o pó indicado pra sua cafeteira. Não fica a mesma coisa do espresso, mas é um luxo que eu recomendo, se você ama café.
– Wi fi e pessoas bonitas.
– Na unidade Lorena, desconsidere as cadeiras capengando, a superlotação de sábado à tarde e o som ambiente.
– Tem lugares com máquina e café Suplicy, mas não é a mesma coisa porque os baristas deles fazem a diferença.

Serviço
Suplicy Cafés Especiais
Al. Lorena, 1430, Jd Paulista (entre a Pde. João Manuel e a Augusta), São Paulo – SP.
Av. Renato Paes de Barros, 198, Itaim (perto da 9 de Julho, antes da Pedroso Alvarenga), São Paulo – SP.
(Nota do editor: tem em shopping também, mas vamos ignorar? HAHAHA)
www.suplicycafes.com.br

Natalli Tami