Posts Tagged ‘drinque’

CÍNTHIA FOI E DIZ QUE CHEGOU!!! ELE CHEGOU!!! O MEU, O SEU, O NOSSO… SUCO DE TANGERINA DA LANCHONETE DA CIDADE!!!

Ela também sugere uma coisa doce, confira:

Você consegue comer legal com R$ 20. E repara no cardápio uma bebida que chama Doce de leite. Olha, speak serious*, é inacreditável de bom. O atendimento é muito eficiente, a espera é de poucos minutos e os momentos de prazer são infindáveis!! E é melhor do que os enlatados norte americanos, isso é!

Pelo visto, a Lanchonete da Cidade conquistou mais uma fã.

Serviço
Lanchonete da Cidade
Al. Tietê, 110, Jardins, São Paulo – SP.
Tel. 11-3086 3399

www.lanchonetedacidade.com.br

* esse é o jeito todo peculiar da Cinthola falar em inglês.

Anúncios

Vila Madalena hoje virou sinônimo de bares lotados, trânsito, chopp caro e pessoas com estilo duvidoso, certo? E o que preconceituosamente chamamos de “moemização” da Vila Madalena é um fenômeno irreversível que já dominou as principais imediações do bairro, certo? Errado. Num dos poucos espaços ainda não explorados do bairro, existe o simpático e discreto Sabiá.

Eu sinceramente já estava cansado de todas as opções que apareciam. O mesmo chopp, o mesmo papo, a mesma decoração e a mesma cortina de fumaça engordurada de picanha na chapa. Picanha é bom, eu concordo. Mas não há nada mais desagradável que ficar com o cabelo cheirando a picanha na chapa. Nada mais deselegante, na minha opinião.

O grande barato do Sabiá é o ambiente clean (não há nem letreiro na porta) sem ser despojado-pretensioso-chic. É simplão mesmo: mesas de madeira com toalhas brancas, paredes brancas, piso avermelhado e portas e janelas de vidro grandonas. O que contrasta com seu público, sempre bem eclético, que varia das patricinhas perdidas ao povo do samba (que estava presente da última vez que estive lá). É o lugar pra levar o date, o pessoal do trabalho, os amigos antenados e até mesmo seus pais num sábado à tarde.

O cardápio é recheado de comidas bacanas e simples. Comida de botequim de verdade. Porções de moela, língua, além dos tradicionais pratos como a feijoada e a vaca atolada (carne saborosa num caldo suculento, arroz e couve refogada). Optamos pelos sanduíches, todos no pão francês, que além de deliciosos, possuem um preço sensacional. Destaque para o sanduíche de bife à milanesa com salada de agrião e tomate. Com R$ 20 você consegue comer bem e ainda tomar dois chopps bem gelados. o que significa que com os outros R$ 20 você pode ficar a vontade para experimentar um outro drinque ou a deliciosa empadinha (nas versões camarão e palmito) que saem por R$ 3,50 cada.

O Sabiá já virou minha opção de boteco-com-chopp da Vila. Tenho ainda muito o que explorar no cardápio (e acreditem, vai demorar um certo tempo devido a variedade de opções). Se pá, cola lá.

Serviço
Sabiá
Rua Purpurina, 370, Vila Madalena, São Paulo – SP.
Tel. 11-3816 1872/4508 3554
Aceitam dinheiro, Visa, Mastercard

João Marcelo

Parece brincadeira, mas não é. Jorge e eu fomos à Santa Clara Batataria e comemos… salada. É, não comemos batata. Explico: a fome não era tão grande a ponto de pedir uma, porque as porções são fartas. A batata pequena vem acompanhada por salada e custa de R$ 20 a 26; a grande vem sozinha, mas deve ser enorme (e é um pouco mais cara, a partir de R$ 27). Mesmo não comendo, só de ler o cardápio ficamos com água na boca: tem recheios como camarão com abobrinha, carne seca, presunto cru com brie, cogumelo e frango com requeijão – a Bia pode dar a sua opinião sobre as batatas nos comentários porque ela já experimentou.

De entrada, tem uns bolinhos fritos de batata, queijo e salsinha ótimos – só podiam estar um pouco mais sequinhos. A porção custa mais ou menos R$ 12, mas dá para dividir com outra pessoa tranqüilamente (afinal é só entrada, né, minha gente… Não é pra se empanturrar).

As saladas custam de R$ 20 a 22 e são grandes (também dá pra dividir). A de salmão defumado com abobrinha, folhas verdes e molho de shoyu é bem gostosa, e tem uma de brie com pêra bastante convidativa. Pra acompanhar isso tudo, tem cerveja de garrafa como Original ou Serra Malte (as mais baratas do cardápio, R$ 5 cada), drinques e vinho. Vale comentar o lugar, que é superagradável, com mesas iluminadas por velas e sofás cheios de almofadas.

Só um porém: de quinta a domingo, a casa tem música ao vivo, com couvert opcional de R$ 4 por pessoa. A questão é que eles cobram o tal couvert automaticamente na conta; caso não queira pagar, lembre-se de avisar o garçom porque ninguém pergunta se você quer contribuir ou não. E o mais absurdo: eles cobram 10% em cima do couvert! Como assim?!

É isso. Ah! E diz que de terça a domingo eles também entregam em casa (melhor ligar lá para ver os detalhes)!

Serviço
Santa Clara Batataria
Rua Áurea, 361, Vila Mariana, São Paulo – SP.
Tel. 11-5575 9504

Rua Girassol, 354, Vila Madalena, São Paulo – SP.
Tel. 11-3816 2501

http://www.santaclarabatataria.com.br/

Mari Tavares

Em todo lugar da cidade tem feijoada aos sábados. Rumando à Vila Mariana, a minha sugestão é o Veloso Bar. Pára, que delícia!!!

Você não dá nada pro boteco, mas é muito legal, tem uma galera muito bacana e a comida, não precisa nem dizer, né? O bolinho de camarão não existe de gostoso e a feijoda é incrível e rápida, serve até três pessoas a grande, mas tudo depende da fome. Tomando caipirinha (que dizem que é a melhor de São Paulo), comendo o bolinho e a feju, você consegue pagar unsR$ 35 no máximo.  Vai com a galera ou com a paquera, é muito legal mesmo. O bar é todo decorado de futebol, com fotos, camisas e autógrafos.

Vamos, Jorginho, Mari?? Vamos combinar?

Serviço
Veloso Bar 
R. Conceição Veloso, 56 , Vila Mariana, São Paulo – SP. Sentido Paraíso, sabe?
Tel. 11-5572 0254
www.velosobar.com.br

Cinthia Reis

A gente costumava freqüentar mais, né? O Bar Leblon, que fica perto do Exquisito, é tipo filhote do Filial, sabia? Pois é: diz que é um ex-gerente do bar da Vila Madalena que toca o lugar simpático.
Desde o chão, que imita a calçada do bairro carioca, até um mapa na parede que reproduz Leblon, Ipanema e Copacabana, o clima tenta remeter à Zona Sul do Rio. Eu curto, na verdade, porque é um pouco mais barato que o Exquisito e costumava ser bem menos cheio… hoje em dia, o negócio é ir de dia de semana, e de preferência cedo. O Leblon tá lotando – sorte dos donos, azar o nosso, que agora tem que enfrentar fila de espera.
O legal do Leblon é que dá super para comer. Quando estou com “meia fome”, eu costumo comer o saladão que vai alface, palmito + outras coisinhas (não peça a de rúcula com mussarela de búfala, é beeem menor). Pros momentos “ogrinho”, peça o prato com arroz, feijão e carne seca com queijo coalho e mandioca (acho que é mandioca… ou é pamonha?). É uma delícia é custa um pouco menos de R$20.
Gosto das caipirinhas de saquê, também, que é gostosa e num preço superhonesto (acho que R$ 11, por aí). Só não me venha com a caipirinha de saquê com fruta vermelha – maiores drinque de mulherzinha, ninguém consegue tomar inteiro de tão docinho. Blergh.
Outros pontos positivos: o garçom e o público – desencanado e misturado, já vi de J. Pig a Marina Person e Badauí por lá. Q? A localização também é ótima – pertíssimo da Augusta porém mais sossegado, e se der uma animada dá para ir dançar PIXIES na FUN HOUSE e relembrar the old times.

Ah, sim, porque a Fun House continua na década de 2000.

Serviço
Bar Leblon
R. Bela Cintra, 483, Consolação, São Paulo – SP.
Tel. 11-3237 0151
www.barleblon.com.br

Jorge Wakabara

O nome dessa rua é um dos mais difíceis de entender que existem. A Pedro Taques é uma ruazica que fica entre a Bela Cintra e a Consolação, sentido centro, só que naquele pedacinho ela guarda algumas preciosidades, como a galeria de arte Polinésia, o Otto (um restaurante bem gostoso) e, last but not least, o Drosophyla.
O Drô é bem conhecido porque ele já existe faz bastante tempo – e tem uma certa clientela fiel. Mas o que pouca gente sabe é que o local guarda duas preciosidades!
1) O MEU DRINQUE PREFERIDO! Sim, é aqui que você vai encontrar a capirinha de saquê com lichia! É absurdo de bom. R$ 16! Caro, mas é um NÉCTAR!
2) Saudades daquelas festinhas de criança? Tinha aqueles cachorros-quentes com batata chips, huuum. Pois o cachorro caliente do Drô é igualzinho. Vem com uma ou duas salsichas – depende do humor da cozinheira! Hahahaha! Com uma cerveja acompanhando, deve dar menos de R$ 20!

Foi a que me apresentou todas essas iguarias do Drô – debaixo do bar tem uma lojinha ponta de estoque da Apego! E a lojinha só abre à noite, legal, né?

Serviço
Drosophyla
R. Pedro Taques, 80, Consolação, São Paulo – SP.
Tel. 11-3120 5535
http://www.drosophyla.com.br/

Obs.: a gente ainda vai falar do Otto! Ouvi dizer que agora tem uma sobremesa deliciosa por lá!

Chama-se À Marroquina. Esquisito? Pois é mesmo.
É que eu e a Mari (sim, pessoas, por isso que eu sempre falo no plural, esse blog é meu e da Mari, mas a gente ainda não fez o login do WordPress dela direitinho) – continuando: eu e a Mari adoraaaamos suco de tangerina. Agora imagine uma Frozen Margarita de tangerina?! Essa preciosidade está disponível no Kebab Salonu, aquele restaurante especializado em kebab que fica na Rua Augusta.

O kebab é bom: costumo comer o indiano, que é levemente apimentado, tem chutney de banana e curry – um monte de coisa que eu adoro. Ele tá R$ 16. Mas, no fundo, a gente curte mesmo ir lá por causa do drinque! Custa R$ 12 – quase o mesmo preço de uma caipirinha de vodca, mas a gente garante que a experiência é única!

(Se você não estiver a fim de beber no dia que você for para lá, o chá de hortelã também vale super, é muito saboroso).

Detalhezinho chato: fumantes, vocês vão se desesperar. Não tem área de fumante no Kebab Salonu. Imagine beber o drinque da hora sem um cigarrinho? É, meus caros, eu sofro. O jeito é beber só um, para esquentar.
Aliás, antes que eu me esqueça: o lugar é bom para ir com amigo, mas é óóótimo para levar peguete em primeiro encontro – sabe como é, impressiona por ser diferentão mas não é caro!

Serviço:
Kebab Salonu
R. Augusta, 1416, Consolação, São Paulo, SP.
Tel. 11-3283 0890
www.kebabsalonu.com.br