Posts Tagged ‘chinês’

Eu sei, estou super ausente. A minha ficou de ponta-cabeça em um mês – o que não interessa a vocês nem vem ao caso! Enfim, estou voltando aos poucos – mas vão rolar poucos posts de minha autoria, uma vez que estou um pouco falido nesses meses.

Mas volto com fuerza total aqui para falar do melhor chinês custo x benefício de Pinheiros. O China Massas Caseiras tem o melhor pastelzinho chinês do mundo! Mentira, do mundo não, mas de São Paulo com certeza é dos melhores, vive virando matéria nos guias da vida.

Eu sempre peço meia porção de queijo e meia porção de carne (bovina). Ele é frito, então os que tem medo de gordura devem passar longe. Muito gostoso, se pedir duas porções para três pessoas já dá uma refeição facinho. Como eu sou um pequeno ogro, quando vou com meus pais peço só uma e ainda completo com uma porção de arroz chop suey e uma porção de frango xadrez.

Geralmente sobra um monte de comida e a gente manda embrulhar. Incluindo suco (tem suco de tangerina!) e tudo o mais, dá uns R$ 30 para cada um. Mas isso se você comer até cair: pedindo meia porção de cada coisa e tal, deve dar no máximo R$ 25!

Serviço
China Massas Caseiras
R. Mourato Coelho, 140, Pinheiros, São Paulo – SP.
Tel: 11-3085 7111

Jorge Wakabara

Anúncios

E não só japonesa: chinesa e tailandesa também, num só lugar. Parece ruim, né? Acrescente mais isso: dentro de um shopping center! Essa mistureba toda, que a princípio tem a maior cara de buffet de churrascaria, foi minha melhor surpresa em Curitiba.

Curitiba, na minha opinião, é uma das melhores cidades pra se comer no Brasil. Aproxima-se muito do padrão paulistano nos quesitos qualidade e variedade (Santa Felicidade é famosa por seus restaurantes de origem italiana, mas a cidade oferece um cardápio internacional), mas com um diferencial fundamental: a relação custo x benefício. Come-se muito bem pagando pouco ou um bom preço. Curitiba poderia ser a capital brasileira do Po.T.Co. Mas isso é com o editor do site.

Bom, dentro do Shopping Estação (uma antiga estação de trem reformada e transformada em mall) há uma infinidade de lanchonetes e restaurantes para todos os gostos. Mas o que me chamou a atenção foi o Gô! Restaurante Asiático. Durante o almoço, um buffet de iguarias do extremo oriente e sobremesas típicas por um preço atraente. Peixes fresquíssimos, frituras sequinhas e um tempero fantástico. Para um almoço executivo, nem muito spicy e nem insosso.

O cardápio tem uma grande variedade de pratos japoneses e chineses e alguns tailandeses. Um combinado de sushis sai por R$ 14; o tradicional frango xadrez custa R$ 16; e representando a Tailândia, o arroz do Sião custa R$ 15. O restaurante tem dois andares e eu recomendo sentar no andar de cima, mais arejado, aproveitando o alto pé direito do shopping. E dá pra dar uma olhada nos curitibanos que passam pelo lugar.

Serviço
Gô! Restaurante Asiático – Shopping Estação
Av. 7 Setembro, 2775, lj 1090, Curitiba – PR
Tel. 41-2101 8555

João Marcelo

 

Primeira colaboração de Mister Felipe Gutierrez! Ele fez um textão sobre os naturebas, mas para respeitar a organização do blog – um restaurante por post – a gente vai destrinchar tudo. Não tem problema, né, Guti? Segue o primeiro!

Eu como carne. Para eu achar um restaurante vegetariano bom, ele precisa ser muito bom. Sem carne, a comida tem que rebolar muito para me agradar. Felizmente, em São Paulo a oferta de restaurantes é quase infinita e existem muitas opções vegetarianas interessantes.

A maioria usa o esquema buffet. Eu não gosto muito, sempre acho que estou em desvantagem. Mas tudo bem. Aí vai o primeiro de uma listinha de vegês bem legais – e a maioria bem barata.

Lótus: é um vegetariano chinês. Vários tipos de cogumelos, bolinhos assados, algumas frituras e muita fruta. A sobremesa é cobrada separadamente e não tem bebida incluída. É um dos poucos vegetarianos por quilo – R$ 22, acho. O predinho é bem bacana.

Serviço
R. Brigadeiro Tobias, 420, Luz, São Paulo – SP.
Tel. 11-3229 5696

Felipe Gutierrez

Pra quem ficar na cidade no feriado e não for extrair nenhum 3º molar, que tal comida chinesa diferente de yakissoba?

Esse lugar, o Rong He – restaurante de massa chinesa, pode ser o lado B chinês. Se fosse na China seria normalzinho, bem PobreChinêsTambémCome (porque se fosse RicoChinêsCome, seria sashimi de magurô – atum).

O tchans do lugar, como diz o subtítulo, é a massa chinesa. Feita na hora do pedido, os macarrões podem ser feitos na máquina ou na mão. Como? Vai lá ver, tem um chinês profissa na vitrine, é impressionante.

São vários tipos de sopas / macarrão. Macarrão oriental invariavelmente vem com sopa junto, muita coisa, tudo boiando. O carro-chefe da casa é o Macarrão Apimentado com Frutos do Mar (e carne de porco, que eles não vivem sem): custa R$ 20. Eu sugiro também a Sopa Agre-Apimentada, que tem bastante vinagre no caldo, R$ 18. Tem yakissoba tradicional, mas não é essa a proposta se você está lá. Os pastéis chineses (guiozá e afins) são ótimos também, a porção é considerável e custa R$ 16. Tem também várias conservas tradicionais, de acelga, de bucho suíno e outros vegetais, R$ 6 em média. Se prepara no olfato! (Nota do editor: CRUZES! AAAH! SOCORROOOO!)

Acho que todas as opções do cardápio tem versões vegetarianas, o que é ótimo, porque é um bom lugar pra ir acompanhado de qualquer pessoa “gastronomicamente interessada”, a não ser que você seja glutão. A sua companhia, portanto, pode ser uma pessoa que não come carne!! Todos os macarrões / sopas dão pra três pessoas normais fácil. Ou dois ogros… então a conta fica decente.

O lugar é simples, as mesas são simples, o atendimento é simples. A fila existe e a hostess não deve entender muito português, só na hora de fazer as contas, porque ela também é o caixa. NÃO ACEITA NENHUM CARTÃO. Só dinheiro e cheque.

Serviço
Rong He (Restaurante de Massa Chinesa)
No quarteirão seguinte da Choperia Liberdade, lado direito, não tem placa.
R.da Glória, 622A, Liberdade, São Paulo – SP.

Natalli Tami

Eu MORRO de medo de restaurante buffet que diz que é de “comida japonesa e chinesa”. Porque, calma lá, isso não existe, né? Ou você faz comida japonesa, ou você faz comida chinesa. A mesma cozinha vai fazer pratos com temperos tão diversos? É a mesma coisa que o ocidental falar “ah, japonês e chinês é tudo igual”. OK – EU SEI QUE VOCÊ TAMBÉM ACHA ISSO, mas não confesse.

Bom, disse tudo isso para concluir que existe um lugar específico que eu respeito, mesmo que eles façam um mix enlouquecedor-bizarro. Lembra da Itikiri Itiriki Bakery? Pois eles tem um restaurante também, ali pertinho, o Itikiri Itiriki… Grill, ou Restaurante, ou qualquer coisa assim – eles não se decidem, em cada lugar tá escrito de um jeito hahaha!

Lá no Itikiri Itiriki a variedade é gigantesca. Eu acho os sushis honestos (apesar de ter receio de comer sushi em buffet) e os pratos quentes BEM gostosos – tem frango com laranja, yakissoba, tofu frito… Acho que os pratos devem mudar de acordo com o dia. O preço do quilo não é muito barato – R$ 27,90 – mas acaba valendo a pena, sim – o meu prato, eu que sou ogro, deu R$ 15.

Obs.: eles vendem temaki avulso por R$ 7. Não experimentei, então não sei se é bom.

Serviço
Itikiri Itiriki qualquer-coisa
Praça da Liberdade, 159 – saindo do metrô, é quase do lado do Banco Bradesco.
Tel. 11-3341 7528

Jorge Wakabara

E a Bia, merece ou não merece ser colaboradora fixa?
ELA MERECE, OBÁ! ELA MERECE, OBÁ!

Entre a Farmácia Rouxinol e um prédio de luxo na própria avenida Rouxinol, em Moema, fica um estabelecimentozinho que muitas vezes pode ser confundido com mais uma pizzaria de bairro. Mas não se engane. A Tai Chi Guiozaria serve pratos incríveis, verdadeiramente chineses, por um preço ótimo.

Os pratos que mais valem a pena são o guioza, óbvio, o dim sun, que é um bolinho feito no vapor e recheado de carne, e o “três delícias na chapa”. Este é uma mistura de legumes no vapor, frutos do mar e arroz crocante, com um molho agridoce. Apesar de ter frutos do mar, não se assuste. O prato dá prá dois e custa R$ 13,00.

O Tai Chi fica na Avenida Rouxinol, quase esquina com a Inhambu, em Moema. Aceita cartão de crédito e débito e dá até prá levar o boy – mas não first date.

Serviço
Tai Chi Guiozaria
Avenida Rouxinol, 491, Moema, São Paulo – SP.

Bia Bonduki