Minha paixão por padarias é de longa data e tenho certeza que ela não é só minha. O pãozinho quentinho com manteiga derretendo certamente já foi o momento mais empolgante do café-da-manhã de muita gente. Hoje as padarias se profissionalizaram, tornando-se muitas vezes grifes do pão.

Na minha busca pela padaria perfeita, descobri uma que foge ao padrão das 24horas. É a Padaria Aracajú, em Higienópolis, pertinho da praça Vilaboim. Uma padaria tradicional, sem a maioria das cafonices das padarias tradicionais e com mesinhas do lado de fora. É muito freqüentado pelos moradores da região e principalmente por senhoras com seus cachorros.

Minha dica são os pães especiais. O pão de cereais é divino. Sugiro pedir o pão de cereais na chapa com requeijão, de lamber os beiços. A variedade é bem grande e a casa também oferece sanduíches tradicionais e especiais, rodízio de pizza (simples e bem barato) e salgados.

Os doces são um capítulo a parte. A padaria é especializada em doces portugueses: o pastel de Belém é divino e eles têm um docinho de abóbora que derrete na boca. Além das já famosas broas de chocolate e frutas que são leves e muito gostosas. Só de pensar fico com água na boca.

Serviço
Padaria Aracajú
R. Maranhão, 760, Higienópolis, São Paulo – SP
Tel: 11-3666 8857
Horário: 6h às 23h // dom. a partir das 7h

João Marcelo

Anúncios

Gente, Jorge já fez um post sobre este restaurante há tempos atrás, mas informação nunca é demais, né… 

Ali no comecinho da Mourato, longe dos bares, perto da rua dos Pinheiros, tem um sobradinho que é o China Massas Caseiras. É um lugar bem simples e se você não olhar com atenção, vai passar reto achando que é qualquer coisa, menos um restaurante. Ah, e o lugar é super movimentado.

Como todo restaurante chinês (e italiano), os pratos são mais que bem servidos e a meia porção serve 2 pessoas fácil. O pastel é ótimo, é grandinho e não é exatamente um guiozá. Tem até uns recheios diferentes, mas eu e minha companhia de garfo votamos pelo tradicional (carne de porco). Uma porção com 6 pastéis roubou um pouco a cena do frango xadrez + arroz primavera que veio depois, mas não decepcionou ninguém.

A conta deu algo em torno dos R$25 pra cada, considerando 2 pessoas com fome, que pediram cerveja, porção de entrada e dois 1/2 pratos. E ainda dava pra levar o que sobrou pra casa, mas fomos preguiçosos.

Agora eu preciso voltar lá pra provar a tal da massa caseira, né?

Serviço
China Massas Caseiras
R. Mourato Coelho, 140, Pinheiros, São Paulo – SP
Tel. 11-3085 7111 (delivery)
Horário: De seg., ter., qui., sex. e sáb. das 11h30 às 14h40 e das 18h30 às 22h30 // Dom. das 11h30 às 15h30 e das 18h às 22h.

Natalli Tami

Atire a primeira pedra quem nunca tem vontade súbita por coxinha, risolis, empadinha e outras coisas gordurosas do tipo. Pois existe uma saída um pouco mais saudável e não menos gostosa: as esfihas do Rosima.  [lembrando, claro, que de vez em quando é bom enfiar o pé na jaca da gordura memo, sem medo de ser feliz.]

Pois. Por R$ 2,70, as esfihas do Rosima podem ser abertas ou fechadas – dã, como em toda casa árabe… Mas o diferencial lá são as esfihas vegetarianas. A de verdura é super temperada, com recheio de coisas verdes com nozes e uva passa. A de ricota também é ótima, não tem nada de insossa. E o melhor é que as esfihas são bem gordas, dá pra comer 2 ou 3 e ficar alimentado por um bom tempo. Ótimo pra quando precisamos comer alguma coisa correndo.

O Rosima é um restaurante árabe, então tem todas aquelas opções de pratos tradicionais. Na hora do almoço, a filial da Brig. Luis Antonio fica lotada de gente, mas os pratos eu nunca experimentei. Também nunca tive coragem de comer o kibe de peixe… Pode ser bom. Mas pode ser uma gororoba…

Serviço
Rosima
Av. Brig. Luis Antonio, 3302, Moema, São Paulo – SP
Tel. 11-3051 6000/ 3885 2826

R. Pamplona, 1738, Jardim Paulista, São Paulo – SP
Tel. 11-3887 3165/ 3887 8657
www.rosima.com.br

Mari Tavares

Continuando o post de comemoração, vamos aos restaurantes citados neste primeiro ano de vida, agora de Fortaleza a Santos!

Fortaleza/CE
Balu Doces
Bebelu
Brazão
Pankeka’s
Pinguim Bar
Sirigaddo Country
Sorvetão

Ilhabela/SP
Cheiro Verde
Max Paladar

Nova York/EUA
Fabiane’s

Paraty/RJ
Bombom da Maga Bomboniere
Porto da Pinga

Rio de Janeiro/RJ
Bagdá Café
Cafeína
Fornalha
Koni Store
Paz e Amor

Santos/SP
Graminha

Aguardem! Próximo post é São Paulo de A a C – são tantos os restaurantes paulistanos que a gente vai ter que dividir em 4 etapas… Mas vamo que vamo!

Mari Tavares

Gente! 1 ano de blog! Em meio a muvuca de carnaval, plantões e madrugadas de trabalho, ia passar super batido por nós, editores de meia-tigela…!

Para comemorar, fizemos uma lista de todos os 182 restaurantes, blogs e sites gastronômicos que apareceram por aqui neste período, divididos por cidade/Estado, em ordem alfabética e já com os links dos respectivos posts pra facilitar a vida (vamos publicar aos poucos, por cidade, porque demanda certo tempo…). Tivemos até cardápio musical, ó que chique!

Bom, parabéns pra nóis e que venha mais um ano! Eeeeee!

Belo Horizonte/MG
Bar Temático
Bares do Ei, Moreno! no Mercado Central
Bolão
Cantina do Lucas
Cantina Piacenza
Graciliano
Maria de Lourdes Botequim
Mineirinho
Pelicano Chopp
Villa Paraty
Xoq Xoq

Brasília/DF
Beirute
Café Antiquário
Isis Café Empório
Naturetto

Campos do Jordão/SP
Baden Baden

Curitiba/PR
Gô! Restaurante Asiático
Lucca Cafés Especiais

Mari Tavares

Recebemos nesses dias um comentário muito simpático do Leonardo, moço de Curitiba que tem um blog parecido com esse – na verdade é até mais aprimorado porque tem fotos dos lugares e dos pratos!

Bom, ele e um amigo estão vindo fazer um tour por Sampa e pediram sugestões nossas para as seguintes situações:

1. um restaurante para o almoço de sábado;
2. um botequinho para passar a tarde trocando idéias – bebendo;
3. Outback (esse eles já definiram e não está aberto a discussão);
4. baladinha mais forte, de preferência com rock ou tuntx.

Eu vou fazer minha lista de sugestões logo abaixo, mas convido vocês queridos leitores a montar a sugestão de vocês. Quanto mais opções, melhor para nossos amigos curitibanos, né?!

Lista da Mari
1. Insalata
2. Athenas. Além de achar agradável, é relativamente perto do Insalata (se gostarem de caminhar, dá pra ir pro Athenas a pé a partir do Insalata passeando pela Avenida Paulista ou por dentro do bairro do Jardins – eu encaro a caminhada com prazer, mas pode ser que o Jorge diga que eu to viajando) e é na r. Augusta, o que significa: se vocês não gostarem do Athenas, tem outros zilhões de bares na mesma rua. Algum vai agradar. E outra: ali quase na frente do Athenas tem o Kebab Salonu, com um dos nossos drinques favoritos.
3. Ok, respeito.
4. Ai. Sou uma pessoa com alma de uma senhora de 90 anos. Péssimo repertório de balada, muito menos de ‘tuntx’ (adorei o termo!). Mas a r. Augusta continua sendo a dica: descendo alguns quarteirões da rua em relação ao Athenas, tem várias baladas de rock no caminho.

E vocês, o que sugerem?

Mari Tavares

Gente, estamos um pouco atrasados na notícia, mas ainda tá em tempo. De 02 a 15 de março tá rolando a quarta edição do Restaurant Week aqui em Sampa. Segundo infos. de divulgação, são mais de 100 restaurantes com menus especiais, formados por entrada, prato principal e sobremesa por R$ 25 no almoço e R$ 39 no jantar. No site do evento (www.restaurantweek.com.br) tem a lista completa de restaurantes, cardápios e horários.

Enfim, dica dada, sempre bom lembrar que a SPRW costuma gerar polêmicas de atendimento meia-boca, opções de cardápio mais ou menos etc etc. Então o melhor mesmo é se informar direitinho no restaurante escolhido antes de sair de casa pra evitar nervoso, né…

p.s.: aguardem. post comemorativo de 1 ano de blog está por vir!

Mari Tavares

É triste e ao mesmo tempo gostoso quando o emprego da gente muda de lugar.  Triste porque você é obrigado a deixar pra trás várias manias que já tinha adquirido – tipo a salada de fruta do Abadia. Gostoso porque você é obrigado a descobrir lugares novos. Nesse momento ‘descobertas’ da minha vida, o primeiro que vale dividir é o Andaluza.

O cardápio do Andaluza traz opções de lanches mais leves, justamente pra você conseguir ter fôlego pras sobremesas. As saladas são bem servidas e servem de almoço. Em geral, custam R$ 9,50 e vão desde carpaccio até folhas verdes com mussarela de búfala, tomate seco e afins. A opção com quiche custa R$ 11,50. Já os sanduíches custam em torno de R$ 8 e são simples, mas bem gostosos. Tem um de peito de peru com alface e cream cheese que é uma delícia, e você pode escolher entre pão francês e integral.  

Mas isso tudo é detalhe: o que importa são as sobremesas. Especializada em bolos, o pedaço custa em torno de R$ 4,50 e é um tamanho bom – você mata a vontade sem ficar empanturrado. O bolo de bem-casado é uma delícia e o de dois mousses – chocolate branco e amargo – é sensacional. O único problema (pelo menos para mim) é que eles tendem a colocar chantilly, marshmallow e afins em tudo… mas paciência. Tem também sorvetes, com opções que vão de papaia e graviola (R$ 5 a bola) a Häagen-Dazs (módicos R$ 7 A BOLA! tá todo mundo louco). 

Pra fechar, tem vários tipos de cafés, desde o bom e velho espresso até drinks mirabolantes. O mais simples custa R$ 2,50. Ótimo lugar pra se esconder quando o emprego tá afetando os nervo.

Serviço
Andaluza Sobremesas Finas

R. Caconde, 132, Jardim Paulista, São Paulo – SP
Tel. 11-3057 1564

R. Dr. Alvaro Alvim, 153, Vila Mariana, São Paulo – SP
Tel. 11- 5539 7962
www.andaluza.com.br

Mari Tavares

Queridos leitores! Desculpas pelo sumiço, mas 2009 tá ai e vamo que vamo! Uma de nossas resoluções para este ano – é minha e do Jorge, mas o Jorge ainda não sabe – é atualizar este blog com mais frequência, mas lembrem-se que contribuições de leitores também são super bem vindas!

Enfim, indo ao que interessa, o primeiro post de 2009 é sobre um restaurante descoberto no fim do ano passado, mas que continua sendo um achado. É o Quitanda Gourmet, que ocupa o antigo Sacolão da Vila Madalena. Além de o sacolão ter dado lugar a uma quitanda de gente rica – todas as frutas são super arrumadinhas e, claro, mais caras que em outros lugares -, foi construído no segundo andar um restaurante muito fofo e com ótimo custo/benefício.

Só fui em fins de semana, por isso não sei se durante a semana é o mesmo esquema, mas de sábado e domingo o cardápio permite que você escolha entre pratos a la carte ou pratos japoneses, inclusive rodízio. Um teppan (é assim que escreve?!) de salmão e legumes custa R$ 28 e dá pra dividir. Entre os pratos, as massas custam em torno de R$ 18, e, apesar de serem porções individuais (não rola de dividir), são opções um pouco mais elaboradas, como talharim ao molho de funghi. Tem também opções de saladas e sanduíches.

No domingo tem café-da-manhã até as 13h30, cheio de frutas fresquinhas, docinhos e pães gostosos. Isso é outra vantagem: como logo no andar de baixo tem uma quitanda, os sucos e as frutas são muito frescas. O suco de tangerina custa R$ 4 e a água de coco, R$ 3.  Ah! E tem pastel também, grandes e com muuuuuuuuuuito recheio, vale super a pena. Não lembro exatamente quanto custa, mas deve ser uns R$ 4. 

O atendimento é bastante simpático, mas o melhor é fugir dos horários de pico porque a equipe é pequena e eles não dão conta… O público é sempre bem alternativo, misturando professores de yoga a turmas de amigos descolados.

UPDATE!: Ao contrário do que tinha escrito antes, as outras duas unidades do Quitanda – Pinheiros e Lapa – têm comidinha também. Inclusive a Bia já tinha escrito sobre o de Pinheiros! Sorry, Bia, comi bola! De qualquer forma, acho que as duas unidades têm serviços diferentes, então vale conhecer todos…

Serviço
Quitanda Gourmet – unidade Vila Madalena
R. Medeiros de Albuquerque, 352, Vila Madalena, São Paulo – SP
Tel. 11-3042 4662

Mari Tavares

Perdido no meio da r. Mourato Coelho, o Aniello é um restaurante simpático, com cara de mercearia e ótimo para quem gosta de almoçar tarde: de terça a sábado, funciona do meio-dia à 1h da matina direto; na segunda, do meio-dia às 16h e no domingão não abre (horários estranhos, né?!).

No cardápio tem um pouco de tudo, desde sanduíches e saladas até massas e pizzas. A comida não é assim maravilhosa, mas é honesta e as porções servem super bem – dependendo da fome, dá pra dividir tranquilamente. Tanto o paillard com fettuccine como o capellini com camarão custam R$ 21,90 cada. A salada caprese, com mussarela de búfala, tomate, manjericão e alface, é R$ 15. Tudo bem simples, mas gostoso. 

Também dá pra ir só pra beber coisinhas e comer petiscos. A caipirinha custa R$ 8,90; pra quem não bebe, o suco natural custa R$ 3,70. Tem várias opções de antepasto, queijos e outros tipos de frios. Lugar simples e tranqüilo, bom pra ir e ficar papeando.

Serviço
Aniello Bar e Mercearia
R. Mourato Coelho, 47, Pinheiros, São Paulo – SP
Tel. 11-3061 3213
www.aniellobar.com.br

Mari Tavares

« Página anteriorPróxima Página »